Conhece os melhores jogadores portugueses da atualidade

Global Poker Index
Ranking dos Melhores Jogadores de Poker

O Global Poker Index apresenta o ranking com os melhores jogadores do mundo nos últimos anos. Descobre os cinco jogadores que vão na frente do GPI Portugal.

Actualizado a 01/10/2017

Qual é o melhor jogador de poker português da atualidade? A resposta a esta pergunta depende muito de quem a responde.

Para evitar estas discussões, o Global Poker Index tem uma classificação por pontos que mostra de uma forma clara os melhores jogadores de poker nos últimos três anos.

Esta classificação é bastante similar ao sistema de pontuação utilizado pelo ATP no mundo do ténis, ou pelo PGA no golfe, apesar de estes apenas incluírem os resultados do último ano, ou últimos dois anos, respectivamente.

Os pontos acumulados pelos jogadores dependem do resultado final no torneio, do buy in, da quantidade de jogadores no evento, e por fim da proximidade do torneio.

Os três anos são divididos em semestres e os jogadores acumulam os pontos nos cinco maiores resultados em cada um dos 3 semestres mais recentes. No caso do último ano e meio, serão contabilizados 15 resultados. Para os restantes semestres serão apenas contabilizados 4 dos melhores torneios em cada semestre, ou seja, mais 12 resultados. No total são contabilizados os 27 melhores resultados em três anos.

Na PokerListings queremos mostrar-te os melhores jogadores nacionais da atualidade neste ranking. Assim, vamos apresentar aqui o top 5 luso, que por enquanto é liderado por João Vieira.

Nota: Iremos actualizar este artigo todos os meses, por isso, consulta-o regularmente para obteres a informação mais recente.

João Vieira

João “Naza114” Vieira
Naza114 já esteve em 44º no Ranking Mundial

O jogador madeirense é o verdeiro “Cristiano Ronaldo do Poker” e não ficamos admirados de o encontrar no primeiro lugar desta lista.

A juntar aos seus inúmeros resultados online, João “Naza114” Vieira conta grandes resultados nos maiores torneios ao vivo do mundo, que lhe valeram o título de jogador português do ano em 2016 pelo GPI.

A contribuírem para os seus 1,488.55 pontos acumulados e a 492ª posição mundial, estão as duas vitórias em torneios secundários no PokerStars Caribbean Adventure no início de 2016.

Já em Maio desse ano, João fez um 13º lugar no Main Event do European Poker Tour em Monte Carlo que lhe valeu mais 123.80 pontos.

Esse verão em Las Vegas foi produtivo para o jogador madeirense que ainda somou um 2º lugar no Evento #43 do Deep Stack Extravaganza III, que renderam $21,971 e 64.24 pontos para o GPI.

Mais recentes são os dois resultados no European Poker Tour em Praga, que lhe oferecem mais alguns bons pontos para manter a liderança no ranking. A mesa final e o 6º lugar no Evento #93 Turbo Win the Button 6-Handed valeram 71.10 pontos. E o ITM no Main Event da mesma etapa, mais 94.71 pontos.

Este ano também foi produtivo para João Vieira que acumulou resultados na sua estadia em Las Vegas para jogar as World Series of Poker. No total, chegou 6 vezes aos lugares premiados, onde o destaque vai para o 25º lugar no Evento #27 que somaram 194.49 à sua classificação e $14,364 à sua conta no banco.

Em 2016, João chegou a ocupar a 44ª posição do ranking mundial e neste momento leva $1,294,496 em prémios ao vivo.

Fernando Brito

Na segunda posição do pódio temos Fernando Brito que soma 1,188.85 pontos no ranking GPI.

O jogador português que reside no Brasil é um dos grandes nomes do poker nacional no que diz respeito aos grandes torneios mundiais.

Fernando chegou a ganhar o prémio Player of The Year do European Poker Tour em 2011. Ano em que fez 16 ITMs nos torneios deste circuito, com 6 vitórias e 2 segundos lugares. O destaque vai para a grande vitória no High Roller do EPT Barcelona que lhe valeu €127,500.

Ainda em 2011, Fernando esteve na sua melhor posição do ranking mundial, ocupou o 40º lugar.

Fernando Brito
Fernando já venceu o POY do EPT em 2011

Em 2012, Fernando conseguiu o seu melhor resultado em torneios ao vivo da carreira ao terminar o Evento #46 – $2,500 No Limit Hold’em na terceira posição. Para a história ficam os $282,676 de prémio neste torneio.

Voltando aos torneios mais recentes e que mais pontos lhe valem no ranking GPI, destaque para o 2º lugar no Evento #46 do EPT 12 em Barcelona que rendeu €33,700.

A vitória no Evento #64 No Limit Hold’em – 6 Handed no EPT Dublin do ano passado significou €54,415 e mais 43.78 pontos para a tabela.

Como é habitual, as World Series of Poker também deram muitos pontos a Fernando Brito, tendo recebido mais de 150 pontos em três torneios.

Mais recentemente, este ano, o 7º posto no PokerStars National Championship valeu HK$132,500 e 150.27 pontos para o ranking GPI.

Mais uma vez as WSOP 2017 significaram muitos pontos na tabela GPI para Fernando, que acumulou 528,33 em três torneios. Aqui o destaque vai para a mesa final e o respetivo 8º lugar conquistado no Evento #64, no qual faturou $26,216.

Fernando Brito soma $1,774,836 de ganhos em poker ao vivo e é um dos jogadores com melhor palmarés em Portugal.

Pedro Oliveira

Pedro “Skyboy” Oliveira
Pedro nas WSOP em Las Vegas

Mais um jogador que combina os seus consistentes resultados no poker online com os resultados ao vivo.

Pedro “Skyboy” Oliveira conta com 1,086.96 pontos no ranking GPI, ocupa a terceira posição do ranking nacional e o 614º lugar mundial.

Tal como João Vieira, Pedro Oliveira conta com os pontos conquistados nas World Series of Poker para ocupar esta posição no ranking.

 

Além dos ITMs nos eventos #17, #44 e #69 que lhe valeram muitos pontos, Pedro Oliveira somou um dos seus melhores resultados da carreira no Evento #48 – No Limit Hold’em (30-minutes levels). Com um field de 524 jogadores, SkyBoy chegou à mesa final e terminou o torneio na 5ª posição, o que equivaleu a $115,957 e 127.12 pontos GPI.

 

Ainda em 2016 e dentro de portas, Pedro Oliveira também somou um terceiro lugar no Main Event do Casino Estoril a que correspondeu 118.33 pontos e €28,000 de prémio.

 

Já este ano, o destaque vai para o melhor resultado luso no Main Event das World Series of Poker. Pedro colocou o país a sonhar com o título neste torneio. Terminou na 11ª posição, bem perto da mesa final e recebeu o seu maior prémio de sempre, cerca de $675,000. Este evento somou também grande parte dos pontos conquistados no ranking GPI, 482,48 pontos.

 

Este grande resultado para Pedro Oliveira e para o poker nacional valeram ainda a sua chegada aos $1,013,683 em prémios nos torneios de poker ao vivo.

 

Sérgio Veloso

Sérgio Veloso
Foto: Gema Cristóbal

Sérgio Veloso é um jogador que se dá tão bem no poker ao vivo como no poker online. Ele conta com 1,080.63 pontos no ranking GPI e costuma ser presença habitual nos torneios nacionais.

Além disso, é um jogador regular dos torneios do Circuito Nacional de Poker (CNP) em Espanha, onde ganhou o patrocínio para toda a temporada quando venceu o torneio sit&go MVPs.

Apesar de ter conquistado muitos prémios ao longo dos últimos 7 anos, os pontos para o ranking GPI apenas começam a ter relevo em 2016, quando conquista da Gran Final do CNP em Madrid.

Sérgio conseguiu aqui o maior prémio da sua carreira e levou para casa €52,000 que lhe valeram 154.21 pontos na classificação.

Depois disto, volta a ganhar alguns prémios interessantes, entre República Checa, Espanha e Marrocos. Mas seria no PokerStars Festival Marbella, já este ano que conseguiria mais 157.66 pontos para a classificação, graças aos dois ITMs conquistados no Main Event e Turbo Deepstack Win The Button.

A grande fatia da sua pontuação está nos 239.85 pontos conquistados devido ao 10º lugar no Evento #28 do PokerStars Championship Barcelona. Este torneio rendeu €17,730 a Sérgio entre as 781 entradas registadas.

Sérgio conta com $160,977 de ganhos em torneios ao vivo e a sua melhor posição no ranking foi o 1344º lugar.

Pedro Cabeça

Pedro Cabeça
Pedro é um Regular das WSOP

O último jogador do nosso top 5 é Pedro Cabeça que conta com o seu maior prémio ao vivo em 2013 no Main Event as WSOP.

Isto não é nada surpreendente. Pedro Cabeça é desde 2011, jogador regular todos os anos nas World Series of Poker em Las Vegas.

É talvez o jogador português que mais torneios já jogou nesta série.

Não é assim de estranhar que muitos dos seus pontos provenham da maior série de torneios mundial.

Apesar disso, a sua grande pontuação mais recente aparece já este ano, nas Bahamas. O Main Event do PokerStars Championship Bahamas valeu uma 16ª posição a Pedro, que faturou $24,640, o seu segundo maior prémio ao vivo. Este torneio contou também com 179.04 pontos para o ranking GPI.

Os restantes resultados aparecem na sua tão bem conhecida Las Vegas.

O 23º lugar no Evento #29 das WSOP renderam $13,186 (198.44 pontos) e o 130º lugar no The Marathon mais $4,909 (129,53 pontos).

Entre outros prémios atingidos no Rio Daily Deepstacks, Pedro ainda faturou mais 3 ITMs que lhe renderam mais 317.55 pontos na classificação este ano nas WSOP.

Ele foi 186º de 1,580 jogadores no Evento #52 e além dos $2,346 de prémio este torneio valeu 92.82 pontos. Já no Evento #63, Pedro saiu na 78º posição ($2,889) entre os 1,750 participantes que valeram mais 105.09 pontos. Para concluir, o 149º lugar no Evento #68 ainda constituem 119.64 pontos, onde conquistou $4,945.

Pedro Cabeça tem $245,440 de ganhos em torneios ao vivo e a sua melhor posição no ranking GPI foi a 889ª posição em junho deste ano.

Please fill the required fields correctly!

Error saving comment!

You need to wait 3 minutes before posting another comment.

No Comments

Os Melhores Sites Onde Jogar
×

Sorry, this room is not available in your country.

Please try the best alternative which is available for your location:

Close and visit page